VOCÊ SABE COMO A PSICOMOTRICIDADE PODE AJUDAR NA EDUCAÇÃO ESPECIAL?




Olá professor,

Você sabe como a Psicomotricidade pode ajudar na Educação Especial?

A ligação entre psicomotricidade e educação especial pode ser muito importante para auxiliar o desenvolvimento de crianças com necessidades especiais durante a educação infantil.

O trabalho de consciência corporal auxilia na socialização, ajuste emocional e efetivo.

A psicomotricidade tem o dever de trabalhar a lateralidade, a coordenação motora e todo o cognitivo para o desenvolvimento de nossos pequenos.

E você sabia que na educação inclusiva ela tem um papel poderoso?

Boa leitura!


A PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA

A ligação entre psicomotricidade e educação especial pode ser muito importante para auxiliar o desenvolvimento de crianças com necessidades especiais durante a educação infantil.

O CONCEITO DA PSICOMOTRICIDADE

A psicomotricidade é um conceito de movimento organizado e integrado, em função das experiências vividas pelo indivíduo. É sustentada por três princípios básicos: o intelecto, o movimento e o afeto, resultando na individualidade, linguagem e socialização do sujeito.

PSICOMOTRICIDADE INCLUSIVA

 A educação especial deve ser inclusiva, isso quer dizer que as pessoas com deficiências devem ter acesso à educação e aos demais espaços sociais.

Porém, a educação especial não deve ser somente inclusiva, ela precisa dar a possibilidade para essas pessoas desenvolverem suas potencialidades, respeitando suas condições cognitivas, afetiva, social e etc.

O trabalho de consciência corporal auxilia na socialização, ajuste emocional e efetivo. A sintonia entre os aspectos cognitivos e psicomotores serve como alicerce para o desenvolvimento integral da criança.

É necessário que todos os educadores busquem formas de incluir este aluno, para isso, atitudes devem ser alteradas a fim de que se possa despertar neste a descoberta de suas potencialidades, desenvolvendo suas habilidades e trabalhando em busca de sua autonomia.

A estrutura da educação psicomotora é a base fundamental para o processo intelectivo e de aprendizagem da criança, e, quando uma criança apresenta dificuldades de aprendizagem, o fundo do problema, em grande parte, está no nível das bases do desenvolvimento psicomotor.

Durante o processo de aprendizagem, os elementos básicos da psicomotricidade são utilizados com frequência.

É importante evidenciar que cada aluno é único e, ao buscar desenvolver as mais diferentes capacidades nos alunos, principalmente nos com necessidades educacionais especiais, o professor deve levar em conta as particularidades, respeitando também as limitações, adequando seu planejamento a todos.

Estimular atividades corporais auxiliam todos os alunos a vencer os desafios da leitura e da escrita. Portanto, a psicomotricidade interessa ao indivíduo como um todo, auxiliando a amenizar qualquer problema que possa se apresentar.

PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO ESPECIAL

As atividades psicomotoras facilitam o acompanhamento e desenvolvimento de alunos especiais. Ajudam que a criança ponha em prática a sua capacidade de percepção, ação e contato, de acordo com as suas possibilidades.

O trabalho dos fatores psicomotores, como é o caso do esquema corporal, lateralidade, estruturação espacial, orientação temporal e pré-escrita são fundamentais na aprendizagem).

Um déficit num destes elementos irá prejudicar uma boa aprendizagem, e é aqui que a Intervenção Psicomotora vem dar o seu contributo, além de trabalhar em simultâneo a socialização e crescimento pessoal.

Através de atividades psicomotoras, as crianças e jovens têm a possibilidade de construir e vivenciar as relações entre corporeidade, afetividade e aprendizagem.
É uma ferramenta valiosa principalmente para os portadores de necessidades educacionais especiais, pois torna a ação mais significativa para eles. Dá-lhes a oportunidade de experimentar, de descobrir mais de si e do meio que o rodeia, propiciando o seu desenvolvimento.
A PSICOMOTRICIDADE VAI AJUDAR CRIANÇAS COM:

·         Dificuldades de coordenação motora (ex. problemas de equilíbrio e falta de destreza)
·         Dificuldades na motricidade fina (ex. cortar, pintar dentro do risco)
·         Dificuldades na motricidade grafológica (ex. pega no lápis e pressão fraca ou forte)
·         Dificuldades de aprendizagem
·         Dificuldade de aprendizagem específicas (ex. discalculia)
·         Problemas na concentração
·         Problemas de comportamento (ex: agressividade e comportamento)
·         Dificuldades de comunicação
·         Atraso no desenvolvimento psicomotor


DICAS DE ATIVIDADES PARA MOTRICIDADE AMPLA:

Jogos de pegar;
Engatinhar recolhendo objetos;
Grandes jogos de movimentos amplos: cachorro maluco, macaco na roda, etc;
Pular obstáculos sem cair;
Pular corda;
Imitar usando todo corpo, bichos que andam rapidamente e lentamente;
Correr entre tacos com passos largos e curtos;
Sentar em várias posições
Dançar em diversos ritmos;
Jogos com pneus, bolas, arcos, cordas, bastões e outros.



Gostou deste conteúdo? Temos um curso 100% ONLINE de PSICOMOTRICIDADE.
CLIQUE AQUI e saiba mais.
COMPARTILHAR
    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comentários :

Postar um comentário